terça-feira, 21 de outubro de 2008

O macaco no quintal do mundo

por Henrique Caçapa*

*colaboração de Arthur Soares e revisão de Raphael Pinteiro

Trabalhar no Lumo Coletivo tem sido um exercício diário de adaptação a uma nova rotina. O dia-a-dia de ensaios, shows e estudos como músico continua, porém foram somadas ocupações nessa cadeia produtiva e, conseqüentemente, novas visões acerca do papel do artista contemporâneo.

Um dos exemplos dessa lógica citada acima é encontrado no Macaco Bong. A banda participou do Festival Mundo, em João Pessoa – PB e, aproveitando a proximidade com Recife, trouxemos a banda para uma série de trabalhos, tanto no Lumo quanto fora dele. Primeiro
organizamos uma palestra na Faculdade Aeso, para um público bastante interessado e participativo, na sua maioria formada por estudantes de produção fonográfica, curso oferecido pela instituição que tem três integrantes do Lumo entre seus alunos. O debate foi bem produtivo e houve uma grande interação entre os participantes. É interessante observar que os futuros formandos estão procurando enxergar novas lógicas de mercado.

Seguimos, eu, Dossa e os Bongs para João Pessoa. Uma cidade que poderia ser órfã de festivais ou mesmo de bons eventos de música independente, não fosse o esforço de algumas pessoas, como o pessoal do Festival Mundo. Carol e Rayan fazem um evento muito legal, com estrutura bacana para as bandas e uma programação coerente, com atrações principais escolhidas a dedo, além das mostras de vídeos exibidos entre os shows.

Chegamos no Galpão 14 exatamente quando os amigos da Camarones Orquestra Guitarrística começavam sua apresentação. Poucos minutos depois Kayapy já estava na mesa de som e Ynaiã na frente do P.A. ajudando. Uma imagem bem marcante que ensina muita coisa dessa lógica
atual: eles eram um dos Headliners do festival, fechariam a noite, mas não estavam lá ''só'' pra tocar. Como eles próprios dizem, "Quando o Macaco sai pra tocar, vai também emprestando a sua força de trabalho".

A estrutura do evento, realizado no Centro Histórico, funcionou muito bem, excetuando-se alguns problemas na sonorização, que foram compensados com um show explosivo do Cabaret (RJ), uma apresentação hipnótica dos Bongs, cerveja a preço justo (não sei quanto era a água) e pontualidade no horário das apresentações.

O grande senão fica por conta da participação das bandas locais: nenhuma delas presenciou o debate realizado no dia seguinte. Estávamos lá, debatendo de novo na palestra do Macaco, que seguiu com um papo muito legal com os jornalistas Bruno Nogueira e Marcus Alves. Uma pena é perceber que as bandas paraibanas ainda estão esperando alguém que os 'estoure'...

Fim de papo, malas prontas e a caravana segue de volta para a segunda edição do Quintal do Lumo, em Recife, algumas horas depois. No caminho, o espertão aqui quis levar o pessoal por uma rota alternativa, e a viagem que normalmente dura uma hora e meia, levou três, com direito a sustos, e supostos carros perseguidores no retrovisor. Ao menos serviu pra mostrar uns sons pros caras. O repertório da viagem teve rock, claro, mas também Siba e a Fuloresta e Groundation, com Kayapy dizendo que era a primeira vez que ele estava curtindo um reggae.

A equipe do Lumo que ficou lá na produção deixou o local prontinho, decoração caprichada e som funcionando perfeitamente a noite toda. Na platéia encontramos desde bandas como a AMP e o Saomer Zwadomit até o produtor do Cordel do Fogo Encantado, Gutie. Como muitos eventos ocorriam na mesma hora na cidade, várias pessoas chegaram ao Quintal lá pelas tantas da madruga, esses perderam uma inspirada A Comuna e um furioso Calistoga. Já eram quase 2:30 quando o Macaco Bong entrou no palco, despejando seus riffs para um bom público que manteve a empolgação altíssima até o final. Só lembro dos gritos exaltados de Guilherme Moura, do RecifeRock depois do show "Rrrrock! Rrrrock! Rrrrrock!".

Fotos do Quintal do Lumo II:
por Maíra Gamarra

Comuna:

Calistoga:


Macaco Bong:

4 comentários:

Renato disse...

adoraria ver fotos deste dia no quintal...

=P~~~~~~~~

Gustavo Calistoga disse...

tambem queria!
:)

Henrique disse...

Vai rolar galera, tamo providenciando...

Cubo Card disse...

Muito Bom galera! adelante!*