domingo, 15 de fevereiro de 2009

Grito Rock João Pessoa

Boas, minha gente!

O Lumo viajou para a Paraíba neste último sábado para acompanhar o Grito Rock de João Pessoa, reencontrar parceiros e testar a aceitação de um de nossos primeiros produtos: a camiseta da turnê da Nuda.

Ao chegarmos lá, uma das primeiras coisas foi montar a banquinha para disponibilizar os discos que as bandas deixam com a gente para vender e a famigerada camiseta.
Já sei. Vou ilustrar esse momento:



O pessoal do Coletivo Mundo acertou na escolha do local. O bar Intoca fica no centro histórico de João Pessoa e tem uma vista previlegiada. O espaço para os shows também é bem bacana. Lá, pudemos conferir algumas bandas como a lendária The Playboys, que diga-se de passagem, fez um show muito mais animado que o último, na Livraria Cultura em Recife.
Já sei. Vou ilustrar esses momentos:





Conversa vai, conversa vem. Avista-se uma nuvem de fumaça ao fundo. Chega a Nuda com os equipamentos. Avista-se uma nuvem de fumaça bem perto. Vai a Nuda para o palco mostrar novas canções em sua primeira apresentação em João Pessoa, salvo engano.
Você já sabe. Vou ilustrar o momento:



De Natal, veio o The Sinks com o pessoal do Coletivo Noize. Muchas cocas-colas, muchas verduras e aí um pouco de rock cru! Fizeram uma apresentação bem rápida e a simplicidade dos acordes favoreceram a banda naquela altura da noite. Acho que já chegava o ponteiro no 3. Da manhã. E as pessoas que estavam por ali queriam mais se estragar na dança.
Já sei!!! Vou mostrar para vocês, ilustrando aqui o momento:



A última banda a tocar, já perto do amanhecer, era a local Nublado. Infelizmente não pude acompanhar o concerto, mas vi que todos os presentes foram lá curtir a banda que representava a organização do festival com Rayan na bateria, integrante do coletivo Mundo. Eu não pude, mas Laura pode.
Portanto, já sei. Ela vai ilustrar para vocês esse momento:




Noite perfeita para um bate-volta Recife/João Pessoa. Esperamos amanhecer na orla de Cabo Branco e partimos de volta rumo ao Pernambuco.
Dica para quem vem de João Pessoa é pegar a estrada pelo mar. Indo ali pela Ponta do Seixas - o lugar sulamericano mais perto da África - é só seguir pela rodovia e se encontrar com o mar visto de cima algumas vezes.
Vou ilustrar essa bela manhã com nada mais, nada menos que uma foto:




Momento GRACIAS para: Coletivo Mundo, Coletivo Noize, Foca, The Playboys e ao grande Carlinhos (Charles). Valeu mesmo! :)
Aguardamos anciosamente o Grito 2010.

3 comentários:

Carol Morena disse...

Demais, meninos! Muitissimo obrigada pela vinda, vamos repetir a dose em recife!
=*

Sapo Desplugado disse...

Do caralho o texto bielzi.

Raphael disse...

hahahahahaha adorei o texto, caê!